top of page
Buscar
  • Jornal Tribuna Livre

Promotor pede cassação do prefeito de Goiânia


O promotor de Justiça do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) Fernando Krebs encaminhou para os vereadores de Goiânia uma representação por crime de responsabilidade contra o prefeito Paulo Garcia. Segundo a denuncia, o prefeito descumpriu a lei da contribuição social para a iluminação pública e um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado com o Ministério Público, que determinava a melhoria do serviço de iluminação pública na capital. O promotor encaminhou a copia do inquérito para o procurador-geral de Justiça, Lauro Machado, que repassou aos promotores que analisam prefeituras, e para a Câmara Municipal. O pedido de afastamento foi lido em plenário e a a votação foi marcada para a próxima terça-feira (12). Se o pedido for aceito por 2/3 dos vereadores, será criada uma comissão, por sorteio, composta por três vereadores para analisar o pedido. Em seguida, será feito um relatório que poderá definir por arquivamento da denúncia. Por nota, a Procuradoria-Geral do Município informou que não existe nenhuma irregularidade na gestão dos recursos referentes à iluminação pública em Goiânia. "Essa contribuição é um recurso afetado arredado diretamente pela Celg na conta de energia dos cidadãos. O município não tem acesso a esses recursos", diz a nota.



Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page