top of page
Buscar
  • Jornal Tribuna Livre

MP pede absolvição de mãe acusada de matar as duas filhas

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) pediu a absolvição de Izadora Alves de Faria, que confessou ter matado as duas filhas afogadas e a facadas em Edéia, no sul de Goiás.

O pedido levou em consideração o exame de insanidade mental feito pela Justiça, que concluiu que a mulher tem transtorno psicótico e não era capaz de entender que seus atos eram errados durante o crime.

“A promotora responsável pela manifestação esclarece que o pedido está de acordo com as normas técnicas e jurídicas, respeitando os devidos processos penal e constitucional”, afirmou o MP-GO à reportagem.

Além da absolvição, também foi solicitado que Izadora seja incluída ao Programa de Atenção ao Louco Infrator.

O crime aconteceu em setembro do ano passado.

De acordo com o delegado Daniel Gustavo, Izadora fugiu de casa após matar as filhas, Maria Alice, de 6 anos, e Lavínia, de 10.

A polícia foi acionada após o pai chegar ao local e encontrar as crianças mortas.

À Polícia Civil, o pai disse que encontrou as meninas mortas em um colchão, na garagem de casa, no Setor Samambaia. O crime chocou moradores de Edéia e, inclusive, os policiais que trabalharam no caso.

A mulher foi encontrada horas após o crime com a ajuda de cães farejadores em um matagal próximo à casa.

Ela estava com sinais de tentativa de suicídio e, por isso, chegou a ser internada.

Izadora confessou aos policiais militares que matou as duas filhas. De acordo com Daniel, a mulher disse que envenenou, afogou e depois deu facadas nas filhas.

Via G1

Hedson Arantes | Repórter | Notícias

Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page