top of page
Buscar
  • Jornal Tribuna Livre

Trabalhadores vítimas de trabalho escravo


49 trabalhadores em situação análoga à de trabalho escravo foram resgatadas em uma plantação de milho em Santa Bárbara de Goiás, a 50 km de Goiânia. Durante a jornada de até 12 horas diárias para a colheita de palhas de milho destinadas à produção de cigarros, esses trabalhadores enfrentavam condições desumanas e degradantes.

De acordo com as informações divulgadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego, os trabalhadores não dispunham de condições básicas de higiene, como água suficiente para consumo e sanitários adequados. As necessidades básicas, como alimentação e higiene pessoal, eram negligenciadas, com o grupo sendo obrigado a fazer suas necessidades no meio do mato. A situação de vulnerabilidade desses trabalhadores não se limitava apenas ao local de trabalho. No alojamento em Trindade, faltavam itens essenciais, como roupa de cama, ventilação nos quartos e instalações para preparo de refeições e lavagem de roupas. Além disso, a segurança dos trabalhadores estava comprometida, já que as máquinas utilizadas para a extração da palha de milho estavam em condições precárias, representando um sério risco de acidentes.

Fonte e foto: Do Mais Goiás

Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page