top of page
Buscar
  • Jornal Tribuna Livre

Juiz tira tornozeleira e autoriza viagens a Carlinhos Cachoeira


Ministério Público se pronunciou contra a decisão por entender que sentença favorece o condenado

Juiz manda tirar tornozeleira eletrônica de Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Além disso o sentenciado fica autorizado a fazer viagens, de até três dias, em qualquer Estado do País. A prisão domiciliar foi transformada em semiaberta. A decisão é do Juiz Levine Raja Gabaglia Artiaga, em substituição na 3ª Vara de Execuções Penais de Goiânia. Cachoeira foi condenado a seis anos e oito meses de reclusão por corrupção, em razão de fraudes cometidas por ele na Loteria do Rio de Janeiro (Loterj).

O juiz determinou: “Intime-se o reeducando, via advogado constituído, para comparecer em cartório e assinar o Termo de Responsabilidade e Compromisso com as respectivas condições legais e judiciais, e, uma vez aceitas as condições impostas com a subscrição do reeducando, deverá ser retirado o Equipamento de Monitoramento Eletrônico (tornozeleira) pela Central Integrada de Monitoração Eletrônica (CIME)”.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page